Religião Católica

Batizado: o que é, qual o significado e sua importância

BatizadoBatizado

O Batizado, ou Batismo, é um rito de passagem, o que significa que são celebrações que marcam mudanças de status de uma pessoa no seio de sua comunidade. São aqueles eventos que marcam momentos muito importantes na vida de quem busca um compromisso espiritual e uma vida consagrada.

O que é batizado

Batizado é o nome do ritual de purificação que é praticado em várias religiões. O Batizado é como um novo nascimento, onde depois que o faz, é liberto dos pecados e é regenerado como filho de Deus, tornando-se um membro de Cristo.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Há vários tipos de batismos, mas os três fundamentais são a imersão, aspersão e efusão.

Imersão

Na imersão, a forma de batizado é caracterizada pela imersão total do corpo em água.

Aspersão

No batismo por aspersão, a água é borrifada, espalhada ou pingada sobre o batizando. É o principal modo utilizado nos batismos católicos.

Efusão

Efusão ou Derramamento significa derramar ou entornar, onde a água é derramada sobre a cabeça do cristão-novo, bem parecido com a aspersão. Também é utilizada nos batismos católicos.

Como é o batizado católico

Na Igreja Católica, a tradição é que a criança seja batizada no máximo até os nove anos, antes que ela comece a frequentar a catequese. O batizado é praticado na maior parte dos casos em recém nascidos, algo que começou no século III. É o primeiro sacramento, onde a cabeça da criança é molhada três vezes.

Quem pode batizar?

Para quem está disposto a se consagrar, a única condição que a Bíblia impõe é que a pessoa creia e se arrependa dos seus pecados para ser batizado.

Na Igreja Católica, espera-se que as crianças sejam batizadas ainda quando recém nascidas. Os pais da criança precisam ser casados na Igreja e no Civil e não necessariamente precisam ser batizados.

Se você é adolescente ou adulto e quer se batizar, você deverá procurar a paróquia mais próxima de você e conversar pessoalmente com o padre. O pároco irá te orientar e vai te inscrever na Catequese, que se inicia no começo de cada ano.

A Catequese dura um ano, e ao final dela você será batizado e fará a primeira comunhão. Alguns adultos podem ser batizados, fazer a primeira comunhão e também receber o Crisma no mesmo dia.

Conheça mais sobre religião católica.

Quando batizar?

A Igreja sugere que o batizado seja feito o quanto antes e de preferência nos primeiros meses de vida. Até os seis anos ainda é possível ser batizado, mas se já tiver cerca de sete anos e ainda não realizou o primeiro sacramento, o ideal seria ter a preparação durante a Catequese.

Batizado de bebê

O batizado do bebê é o primeiro sacramento que as pessoas fazem, e ele é de tamanha importância para que, desde cedo, a criança tenha um relacionamento com Cristo.

A relação com Cristo antecipada, os prepara para a vida religiosa e sagrada; e também para os futuros sacramentos da Igreja (1ª Comunhão, Crisma, entre outros). Mas, para esse rito ser realizado, há elementos que não podem ser esquecidos:

Roupa branca

Normalmente, o neófito usa roupas brancas, representando a pureza. Em algumas famílias, o uso do mandrião é tradicional e a roupa passa de geração em geração. Trata-se de um vestido longo branco, uma veste tradicional de batismo, usada tanto por meninos quanto meninas. Outro costume – mas não uma regra – é a madrinha escolher a roupa do batizado.

Óleo e água

A madrinha conduz a criança até a pia batismal e o padre derrama, com uma jarra, a água sagrada em sua cabeça, dizendo as preces do batismo. Tal gesto representa vida renovada e confirma que a criança está batizada. E em algumas Igrejas o padre passa um pouco de óleo dos catecúmenos no peito da criança, pedindo que a força de Cristo penetre na vida dela.

Quantos padrinhos e madrinhas são permitidos?

A escolha é sempre de um padrinho e uma madrinha, sem a necessidade de serem casados entre si.

Nos casos em que se deseja ter dois padrinhos ou duas madrinhas a solução costuma ser a seguinte: apenas um deles assina como padrinho ou madrinha e o outro assina como testemunha. Pergunte ao padre da paróquia.

A importância dos padrinhos

A madrinha e padrinho assumem a tarefa de garantir que o neófito seguirá seus estudos da doutrina cristã. Ou seja, é deles a responsabilidade de que a ligação dos pequenos com aquela igreja não acabe por ali.

Padrinho e madrinha devem ser cristão firmes, capazes e prontos a ajudar, o novo batizado, criança ou adulto, em sua caminhada na vida cristão.” (retirado do Catecismo da Igreja Católica, número 1255). É recomendado escolher pessoas bem próximas e que tenham um vínculo forte com a religião.

Batizado é pago?

Normalmente cada paróquia tem uma taxa. O batismo é marcado com antecedência e a taxa deve ser paga assim que os pais fizerem a inscrição para o curso de batismo. Informe-se na paróquia que pretende fazer o batismo sobre o valor exato.

Leia também sobre a primeira comunhão .

COMPARTILHE