Religião Católica

Carnaval Religioso: conheça a perspectiva religiosa desta festividade

Carnaval religioso

Comprovadamente uma das maiores festas realizadas anualmente em todos os cantos do Brasil, o Carnaval é uma festividade que instiga curiosidade sobre suas origens. Mas sabia que a data está alinhada à religião? Saiba mais sobre o Carnaval religioso.

Origem do carnaval

A respostas são várias! O que é mais compreensível, é o ponto de vista onde conta-se sobre as festividades realizadas antes de Cristo, na Grécia, onde as grandes alegorias e máscaras já faziam parte de uma comemoração que buscava despedir-se dos erros anteriores e abrir as portas para o novo.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Estas festas tinham muitas vezes um intuito fortemente pagão, valorizando as relações entre os humanos e a carne do outro propriamente dita, uma vez que até orgias e grandes noites regadas a bebidas eram o foco principal.

A igreja viria a transformar este intuito com a chegada do Cristianismo, e realocando este momento como um período onde se aproveita ao máximo, de maneira cautelosa, e aí então seguimos para o tempo quaresmal, um dos mais reflexivos da igreja.

É claro que existem outras diferentes interpretações do que é o Carnaval em si e em cada canto do Brasil a festa possui suas características de acordo com a região em que é realizada. Tradições, danças e costumes são levados à risca pelos povos e suas histórias.

O que não muda mesmo é a espera ansiosa pela Quaresma!

O Carnaval religioso

Sem data específica no calendário, o Carnaval é comemorado um fim de semana antecedente a data do início da Quaresma, (no calendário da igreja católica) período de reflexão e introspecção da igreja, que nos leva até o dia da Páscoa. Dia este em que celebramos a ressurreição de Jesus Cristo e a vida nova.

A história conta que o Carnaval teria surgido antes mesmo da fundação do Cristianismo, sendo uma festa pagã e de celebração sem limites. A igreja católica então teria transformado o intuito desta festividade, fazendo com que ela fosse na verdade uma despedida ao período de alegria, para entrarmos no estado reflexivo de Quaresma.

É como se a igreja tivesse nos concedido um tempo para vivenciarmos a alegria, e logo quando estivéssemos cheios dela, tirássemos também um momento para repensar nossa vida e todos os nossos atos. Focando em sermos pessoas de bom coração e com atitudes dignas de um Cristão.

O Carnaval no ritmo de Deus

Cada um aproveita o feriado do Carnaval da maneira como julga ser correto, e é claro que este momento de espera por este período introspectivo também é celebrado nos ambientes religiosos.

São diversas as opções ao redor do país para celebrar o momento do Carnaval de forma cristã e em retidão.

Retiros

Já que cada um aproveita a folga e o feriado do seu jeito, os retiros são uma grande opção para os que querem celebrar a data, pular e cantar, vivenciando um rico aprendizado da palavra de Deus.

Enquanto muitos podem preferir estar nas ruas dançando e curtindo ao seu modo, você pode optar pode participar de um retiro espiritual na mesma data, pois vários deles são realizados nestes dias em específico.

Em encontros assim, você pode aproveitar para colocar sua espiritualidade em dia, e renovar sua fé, junto de outras pessoas que também estarão ali para curtir a festa do Carnaval de forma mais religiosa, mas ainda sim festiva. Uma vez que o cristão não se abdica de ser feliz e de desfrutar da alegria de estar vivo!

Estes retiros de Carnaval podem ser em grandes noites de avivamento e música cristã, ou até mesmo um momento de quietude e de revisitar nossos próprios conceitos como cristãos.

Penitência de Quaresma

É muito comum no período da Quaresma os cristãos optarem por fazer promessas de penitência na quaresma. Estas promessas perduram até a chegada da Páscoa e acontecem nessa época porque é quando estamos aptos a aprender com a fé, a se entregar à religião e à Cristo e desta forma renovar a fé.

A penitência geralmente consiste em se privar se algo muito prazeroso como por exemplo permanecer sem ingerir chocolate pelos 40 dias até a Páscoa ( somam-se 40 dias sem contar com os domingos).

Que tal aproveitar a data para fazer algumas orações de Carnaval?

Silêncio e introspecção

Os dias de Carnaval podem ser desfrutados de maneira mais silenciosa e introspectiva, uma vez que também existem retiros de espiritualidade onde o silêncio e a reflexão são grandes ferramentas de transformação.

Aproveite a emenda deste feriado para participar de grupos de oração, encontros para refletir sobre a palavra de Deus ou até mesmo receber os amigos e familiares em casa para rezarem o terço e discutirem as bênçãos que a Quaresma logo irá oferecer na vida de todos.

Leia também sobre a quarta-feira de cinzas.

Celebre o Carnaval religioso consigo mesmo!

O Carnaval nos lembra automaticamente de festa e comemoração, normalmente com amigos e familiares, mas pode ser também um momento de reclusão proposital. Falamos aqui sobre tirar um período para si mesmo, para revisitar suas angustias, medos e anseios, aproveitando para conversar com Deus e organizar seja o que for que esteja confuso em seu coração.

Para vivermos em festa com nós mesmos, e para que a vida seja uma grande sequência de alegrias, precisamos estar em paz com nossos dilemas, sendo gratos a Deus e percebendo o presente existente em cada transformação que aparece em nosso caminho.

O Carnaval religioso pode estar dentro de você, basta abrir seu coração!

COMPARTILHE