Santos

Dia de Todos os Santos: Conheça a história e a data da celebração

Dia de todos os santos

O Dia de Todos os Santos é uma das datas mais importantes no calendário de festas litúrgicas da Igreja Católica. Comemorada no dia 1 de Novembro, tradicionalmente originado um dia após o Dia das Bruxas, comemorado pelos celtas, americanos e pagãos. Os cristãos não celebram o Halloween, justamente porque se trata de uma festa que celebra espíritos que aparecem para se alimentar e pregar susto nas pessoas.

O que é o Dia de Todos os Santos?

O Dia de Todos os Santos é uma festa muito especial do calendário litúrgico em honra a todos os mártires, até os mais desconhecidos. Nesta data é comemorado a vida dos santos, o exemplo de vida exímio enquanto estiveram na Terra e o fato de já estarem juntos a Deus, intercedendo por todos nós.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Além de mártires, muitas outras pessoas também alcançam a graça de estarem na presença da Santa Trindade nos céus, por serem separadas do pecado, no sentido de terem um bom coração, serem dedicadas a caridade e ao Senhor, a Festa de Todos os Santos, também louva os anônimos que intercedem por nós incessantemente.

Quando é celebrado o Dia de Todos os Santos?

O Dia de Todos os Santos é celebrado em 1 de Novembro, entre as datas do Dia das Bruxas no Brasil e Halloween, no continente norte americano e na Europa e o feriado de Dia de Finados.

Saiba como surgiu o Dia de Todos os Santos

A tradição de começar a honrar os mártires surgiu no início do século II, pois os cristãos entendiam que eles já estavam no Paraíso junto a Deus, em intercessão.

A respeito de quem já se foi, a igreja acredita que eles já habitam os céus e intercedem pelos peregrinos na Terra, é baseada em algumas passagens bíblicas que podem ser conferidas em sua bíblia no livro de Efésios 3:15, quando o apóstolo São Paulo fala das diferenças entre habitantes do céu e os peregrinos. Em Hebreus 9:27, diz que os “homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo”.

Alguns dizem que o Dia de Todos os Santos é comemorado um dia após o Halloween, pois os espíritos maus saiam para se alimentar e assustar as pessoas. Também dizem que é comemorado um dia antes do Dia de Finados para celebrar todos os que já se foram e de lá intercedem por nós.

Por que a Igreja celebra esta data?

O “Dia de Todos os Santos” nasceu do século IV, mais especificamente na região de Antioquia. Havia uma festa que era celebrada em favor de todos os mártires no primeiro domingo depois de Pentecostes. Na mesma data, no século VI, a celebração foi introduzida em Roma, e cem anos após era fixada no dia 13 de maio pelo papa Bonifácio IV. Só em 835, a celebração De Todos os Santos foi transferida para 1 de novembro, pelo papa Gregório.

A Igreja militante honra a Igreja triunfante do Céu

A data é comemorada para que a Igreja Militante, o Corpo Místico de Jesus que luta nos caminhos da Palavra e defende a causa de Jesus Cristo honrar a Igreja Triunfante dos Céus, que são todos os santos que encontram em estado de graça e intercessão.

Conheça as principais tradições do Dia de Todos os Santos

No Brasil, a principal tradição do Dia de Todos os Santos é a missa solene onde a igreja militante honra a igreja triunfante.

A missa tem um introdução feita pelo padre, o ato penitencial, hinos de louvor, refrão orante. Também é feita a leitura de alguns versículos como Apocalipse 7: 2-14, Salmo 23 e 24, 1 João 3:1-3. É feita a aclamação do evangelho com cânticos, e então é lida a passagem bíblica do Sermão da Montanha em São Mateus 5:1-12ss e inicia-se o canto de oferendas.
Para finalizar, iniciam-se as orações Santo, Pai Nosso, Cordeiro, Comunhão, Pós Comunhão e encerramento.

Comemoração em Portugal
Comemoração em Portugal

Em Portugal, o Dia de Todos os Santos foi decretado como feriado nacional. É interessante, que a tradição da festa pagã do Halloween foi adaptado e lá eles possuem o tradicional “Pão-por-Deus” em algumas localidades.

A tradição manda, no dia de Todos-os-Santos, que todas as crianças saiam à rua em pequenos bandos para pedir o pão-por-deus de porta em porta. Quando as crianças batem a porta, recitam alguns versos e recebem pão, broas, bolos, e até frutas secas. A tradição é antiga e estima que tenha sido registrada pela primeira vez em meados do século XV.

Dicas finais

Só os santos viveram todas as virtudes e, por isso, são os verdadeiros modelo de como seguir Jesus Cristo com excelência.

A data reforça o chamado de Deus a todos, para serem santos, que na verdade significa etimologicamente, ser separado deste mundo de iniquidades, para Deus.
O chamado para ser santo não é com a intenção de ser canonizado ou beatificado, mas para experimentar a felicidade do encontro único e pessoal com a Santa Trindade nos céus.

O Papa João Paulo II, é um grande exemplo de combater o bom combate da santidade, de persegui-la com esperança e fé, tanto que uma de suas frases mais célebres diz “Ser santo é lutar contra o pecado de todos os dias.”

COMPARTILHE