Religião Católica

Festas religiosas no Brasil: comemore as festividades mais famosas

Festas religiosas no BrasilFestas religiosas no Brasil

O nosso calendário é repleto de festividades religiosas, principalmente cristãs, cheias de significados que vão muito além de simples comemorações. São grandes manifestações populares de fé que chegam a atrair milhares de fiéis. Vamos juntos conhecer o significado de algumas das principais festas religiosas no Brasil?

A comemoração da fé

O povo brasileiro é conhecido em todo o mundo por seu jeito festeiro e caloroso. Para se ter uma ideia sobre isso. Em 2011, o canal de notícias americano CNN criou um ranking em seu site em que eram listadas as nacionalidades mais “legais” do mundo e o povo brasileiro ficou em primeiro lugar.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Mas, além de alegria, o povo brasileiro é também muito espiritual, um povo de fé. E talvez seja esta fé que torna o povo brasileiro tão bem-humorado e resiliente diante dos diversos obstáculos diários. Dados do Censo 2010 realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que há mais de 40 grupos religiosos registrados no Brasil e a religião com maior número de praticantes é a católica, 64,6% da população.

Sendo assim, com a junção do espírito festeiro e a fé que move o povo, temos um calendário repleto de festas religiosas, em especial ligadas à religião católica. Elas são comemorações em que milhares de fiéis manifestam sua fé, homenageiam seu Santo de devoção, pedem por uma graça ou agradecem por um pedido atendido. Algumas dessas festas são comemoradas em todos o país, outras são concentradas em determinadas regiões e acabam se tornando pontos turísticos e atraindo milhares de fiéis.

Festas religiosas no Brasil

Cada uma destas comemorações reúne elementos bem brasileiros: comidas típicas, danças, rituais, música e o elemento principal: a .

Para entendermos um pouco mais sobre esta mistura de festejo e devoção, veja algumas das principais festas religiosas do Brasil e seus significados:

Festa de São Sebastião

Comemorada no dia 20 de janeiro, o Dia de São Sebastião é lembrado em diversos estados brasileiros como Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraíba.

Mas a festa é maior na cidade do Rio de Janeiro pois, o santo é o padroeiro do município. São Sebastião é conhecido como protetor da humanidade contra a fome, a peste, protetor das pessoas feridas e com doenças contagiosas. A comemoração do Dia de São Sebastião é realizada há mais de 200 anos e inclui procissão de barcos enfeitados até o mar aberto, missas e procissões.

As flechas de São Sebastião

São Sebastião foi um soldado romano que chegou a ser Capitão da 1ª guarda pretoriana e acabou martirizado por professar e não renegar sua fé. Ao tomar conhecimento de cristãos infiltrados no exército romano, Maximiano realizou uma caça a esses cristãos, expulsando-os do exército. Sebastião foi denunciado por um soldado, e obrigado pelo imperador, que se sentiu traído, a renunciar a sua fé em Jesus Cristo.

Porém, o soldado se negou a fazer esta renúncia. E por isso, foi morto de forma cruel para servir como exemplo e desestímulo a outros. Ele foi despido, amarrado a um poste no estádio de Palatino e arqueiros lançaram suas flechas sobre ele, deixando-o ferido sangrando até morrer.

Carnaval

Não, você não está lendo errado! Em meio a tanta folia regada a samba, suor e cerveja, muitas pessoas se esquecem que, na realidade, o Carnaval religioso, um dos maiores eventos culturais do Brasil, tem origens religiosas.

Estima-se que esta tradição tenha se iniciado ainda antes da criação da Igreja Católica, na Grécia Antiga. Com o tempo, os cristãos incorporaram a festividade ao seu calendário de festas religiosas como forma de marcar o início da Quaresma onde entramos em período de abstinência e jejum. Por aqui, o Carnaval se adaptou à cultura local vindo da Europa e acabou tornando-se um de nossos maiores patrimônios culturais sendo festejado em todo o país.

Páscoa

Outro evento listado entre as festas religiosas no Brasil é o Domingo de Páscoa. Considerada uma das mais importantes festas do calendário cristão, é quando se comemora a ressurreição de Cristo, ocorrida três dias após sua morte.

Páscoa, Festas religiosas no Brasil

Essa comemoração não ocorre em uma data fixa e pode variar entre os dias 22 de março e 25 de abril, sendo definida de acordo com o chamado “Cálculo Eclesiástico” – ocorre no domingo seguinte à lua cheia do equinócio de primavera do hemisfério norte (21 de março). Além de sua importância religiosa, durante a Páscoa, é costume oferecer ovos de chocolate aos entes queridos.

Festa do Divino

A Festa do Divino realizada em diversas regiões do Brasil, sempre 50 dias depois do domingo de Páscoa, no dia de Pentecostes, é uma comemoração em que se celebra a descida do Espírito Santo sobre os doze apóstolos de Jesus. É marcada, principalmente, por festejos e distribuição de comida para os mais necessitados e até representações da batalha entre mouros e cristãos – as Cavalhadas – entre outras comemorações.

Dia de São Jorge

Comemorado em 23 de abril, o Dia de São Jorge é considerado feriado estadual no Rio de Janeiro. Conhecido como “o grande mártir” ou “santo guerreiro”, São Jorge é conhecido por defender quem recorre a ele em questões complicadas, perseguições e injustiças.

É considerado também padroeiro da Inglaterra, de Portugal, da Catalunha, dos soldados, escoteiros e até mesmo do Esporte Clube Corinthians, um dos mais importantes times de futebol de São Paulo e do Brasil.

A história do guerreiro Jorge

Nascido em uma família cristã na Capadócia, São Jorge vivia na Palestina no século IV. Sua história conta que ele teria salvo a filha de um rei das garras de um dragão que ameaçava queimar a cidade se eles não lhe dessem, diariamente, jovens como oferenda. São Jorge chegou no dia em que a filha do rei foi escolhida e pôs-se em direção ao dragão, matando-o com uma espada, invocando Deus e Jesus. A princesa foi salva, e o dragão domado. Em seguida, toda a cidade se converteu ao cristianismo.

Festa Junina

Engana-se quem pensa que Festa Junina é apenas uma oportunidade para comer todas aquelas comidas típicas deliciosas.

Esta é uma das principais festas religiosas do Brasil onde são celebrados três santos: Santo Antônio, no dia 13/6, São João, no dia 24/6 e São Pedro, no dia 29/6. Por todo o país acontecem comemorações entre os meses de junho e agosto. Porém, é na região Nordeste onde se concentram os festejos mais famosos com comidas e roupas típicas, quadrilhas e fogueiras.

A fé em Santo Antônio

Diz a lenda que Santo Antônio de Lisboa, ou Santo Antônio de Pádua nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto, provavelmente entre os anos de 1191 e 1195. É considerado um dos santos mais populares aqui no Brasil, por ser conhecido como “Santo Casamenteiro”.  Por isso, o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho, já que é a véspera do dia do santo.

Conta-se que o santo recebeu esta fama após ajudar uma moça pobre a se casar. Ela não tinha dinheiro para o dote e Santo Antônio disse-lhe que tivesse fé. Pouco tempo depois surgiram moedas de ouro em sua casa e a moça realizou seu sonho.

A Missão de São João

João, filho de Zacarias e de Isabel (prima de Maria, a Mãe de Jesus), batizou muitos judeus, inclusive Jesus, no Rio Jordão. Daí a origem de ser chamado Batista, porque batizava com água. A mando do Rei Herodes, acreditando que João fosse o líder de uma revolução, ele foi aprisionado na fortaleza de Macaeros onde ficou por dez meses. Herodíades, por intermédio da filha Salomé, conseguiu que Herodes matasse João Batista e entregasse a sua cabeça numa bandeja.

Pescador de Homens

Simão nasceu em Betsaida, um pequeno vilarejo às margens do lago de Genesaré, ou Mar da Galiléia, no norte de Israel. Ele era pescador e possuía um barco, em sociedade com seu irmão André. Ambos trabalhavam no Mar da Galiléia, um lago de água doce formado pelo Rio Jordão e quando Jesus conheceu Simão, disse a ele uma frase que mudaria sua vida: Você será pescador de homens. A partir daí, Simão tornou-se Pedro, começou seguir Jesus e mais tarde virou um dos seus apóstolos.

Romaria de Bom Jesus da Lapa

A cidade de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, realiza no começo de agosto uma grande festa dedicada ao santo que dá nome ao município. A romaria de Bom Jesus é a maior da Bahia e considerada a terceira maior do Brasil e durante os 10 dias de comemoração o município chega a receber mais de 500 mil romeiros e peregrinos.

Localizada às margens do Rio São Francisco, a cidade é considerada uma das principais no circuito do turismo religioso na Bahia e chega a receber 2,5 milhões de romeiros por ano.

Dia de Nossa Senhora Aparecida

Celebrado em 12 de outubro, dia considerado feriado nacional, a data foi oficialmente instituída a partir do dia 30 de junho de 1980 por meio do decreto de Lei nº 6.802.

Em comemoração a esta data, o Santuário Nacional de Aparecida recebe o seu maior fluxo de romeiros com a presença de milhares de pessoas que se dirigem à Basílica para agradecer por graças alcançadas, fazer seus pedidos à Mãe de Deus e homenageá-la.

Hoje, o Santuário é considerado o maior dedicado à santa em todo o mundo recebendo visitas de fiéis das mais variadas partes do país e do exterior.

A Padroeira do Brasil

Conta-se que na segunda quinzena de Outubro de 1717, três pescadores, ao lançarem sua rede nas águas do Rio Paraíba, recolheram a imagem de Nossa Senhora da Conceição, em um lugar denominado Porto do Itaguassu. Um dos pescadores, Filipe Pedroso, levou a imagem da santa para sua casa conservando-a consigo até 1732, quando a entregou a seu filho Atanásio Pedroso que construiu um pequeno oratório onde colocou a imagem que ali permaneceu até 1743.

Devido à ocorrência de milagres, a devoção a Nossa Senhora começou a se espelhar com o nome dado pelo povo de Nossa Senhora Aparecida. E assim, em 1745 foi inaugurada a primeira capela e em 1930 o Papa Pio X, declarou e proclamou Nossa Senhora Aparecida a Padroeira do Brasil.

Círio de Nazaré

Comemorado no segundo domingo de outubro, o Círio de Nazaré é considerado um dos maiores eventos religiosos do mundo. A procissão ocorre em Belém do Pará e é realizada em devoção à Nossa Senhora de Nazaré e chega a reunir cerca de dois milhões de romeiros. Eles acompanham a imagem da santa da Catedral de Belém até a Praça Santuário de Nazaré onde fica exposta aos fiéis por 15 dias.

Círio de Nazaré, Festas religiosas no Brasil

Durante estes dias, conhecidos como quadra nazarena, além da procissão que ocorre há mais de dois séculos, são realizadas romarias fluviais e diversas outras peregrinações.

Leia mais para entender melhor sobre essa grande celebração paraense que é o Círio de Nazaré.

Nossa Senhora de Nazaré no Brasil

Conta-se que a devoção a Nossa Senhora de Nazaré teve início no Brasil em 8 de setembro do ano de 1630, quando, após uma grande tempestade, um pescador saiu para ver suas redes no mar de Saquarema. Passando em frente a um morro, (local onde hoje está erguida a Igreja Matriz dedicada à Nossa senhora de Nazaré), viu uma forte luz e foi verificar o que era: ali encontrou a imagem da santa.

Ele trouxe a imagem para sua casa, reuniu todos os pescadores da vila e juntos, rezaram antes de dormir. No dia seguinte, a imagem reapareceu no local onde havia sido encontrada e o mesmo voltou a acontecer mais duas vezes. Depois disso, todos entenderam que deveria ser construída uma capela no local e assim foi feito. Com isso, muitos milagres começaram a acontecer e a capela ficou pequena, sendo necessário construir uma igreja bem maior.

Existem muitas festas religiosas no Brasil! Qual a sua preferida?

COMPARTILHE