Religião Católica

Lectio Divina: a rotina de oração inspirada no Evangelho

Lectio Divina

Você já ouviu falar em Lectio Divina?

O nome já lembra o latim, Lectio Divina, e significa a prática da leitura da Bíblia, só que interpretando os versículos e passagens como uma oração, buscando no Evangelho a inspiração para as reflexões que fazemos no dia-a-dia, enquanto oramos e invocamos o nome de Deus.

A Bíblia é um grande instrumento de oração e fé, é o conjunto de preces, lições e reflexões que buscam nos aproximar da história de Jesus Cristo e o que ele quer para a vida de cada um de nós.

Descubra e Ore as Novenas mais Poderosas e Eficazes 🙏

Para que uma oração seja verdadeiramente eficaz, é preciso ter humildade, constância e perseverança.


Você terá as Novenas mais Poderosas para rezar e alcançar enormes Graças dos Céus:

ESCOLHER LIVRO »

Ter a Bíblia como instrumento de oração é um gesto precioso, e a Lectio Divina é justamente a apreciação das palavras encontradas nas escrituras.

O que é a Lectio Divina?

Mais do que a simples, porém já importante leitura da Bíblia em si, a Lectio Divina ressalta a relevância desta leitura ser feita em uma ordem diária de reflexão e meditação, seguindo alguns passos como: leitura, meditação, oração e contemplação.

O costume da leitura em Lectio Divina em nossas vidas fora ressaltado até mesmo por Santa Terezinha do Menino Jesus, ela dizia que quando suas leituras diárias não lhe traziam mais reforço e conforto a sua espiritualidade, ela buscava esta satisfação na leitura do Evangelho.

Ou seja, é preciso interpretar o Evangelho também como uma forma de oração, além de todo aprendizado que ele disponibiliza.

Como reza-la?

A Lectio Divina pode ser rezada individualmente ou em grupo, o seu propósito principal é usufruir da palavra de Deus para construir suas orações, preces e buscar acalento. É utilizar as escrituras como ferramenta de oração. Uma vez que: conhecer a palavra de Deus, é o mesmo que conhecer o próprio Cristo.

Os próprios monges diziam que a Lectio Divina pode ser interpretada como uma estrada de evolução, que tem como chegada uma espiritualidade plena.

Conheça mais sobre esta sequência de oração:

Lectio Divina

O Frei Antonio Silvio compartilha alguns destes passos para a realização da Lectio Divina, e você pode aderir a eles conforme o seu desejo e momento de oração.

Seleção de Orações Marianas Perdidas 🌟

Maria está cheia de graças para nos dar, mas não sabemos como pedir! Com este livro tudo ficará mais fácil.


Maria passa na frente e pisa na cabeça da serpente:

COMPRAR LIVRO »

Oração Inicial
Lectio Divina, oração inicial

Tudo começa com a invocação do Espírito Santo, rezando a popular oração que invoca sua presença e inspiração em nossas vidas. Palavras de poder!

Sugerimos: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. – Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra. Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Amém”.

Leitura da Palavra

Seguimos aqui com a busca de uma leitura da Bíblia Sagrada, em especial uma que tenha a ver com o intuito da oração que você está realizando. Pode ser apenas um trecho, uma passagem ou um versículo marcante, o importante é que seja das escrituras, e que possa servir como palavra de reflexão.

Neste trecho escolhido, busque entender a mensagem que ele quer nos passar. Isso é essencial para darmos continuidade na estrutura da Lectio Divina.

Meditação

É chegado então um importante passo deste ciclo, um momento para absorver a palavra lida, sua mensagem e todos os significados que a mesma traz. Tire este momento da Lectio Divina para desfrutar da reflexão, comparar sua vida com a passagem lida, e refletir nas mudanças que você busca para si ou para o convívio com os demais.

 Rezando a palavra

Após o sagrado momento de meditação, dá-se entrada então ao momento de reza, onde partimos da tranquilidade da meditação para invocação das palavras de conforto. Essa transição precisa ser natural, vinda diretamente do coração.

Esta oração surge com simplicidade pois tanto já foi pensado, lido e refletido, que as preces agora saem com facilidade, transbordando o coração. Aqui, neste momento, você também pode cantar, louvar e usar de toda inspiração que conquistou para permitir-se ir além da oração.

Ora de contemplar

Este momento destina-se a contemplação de tudo o que foi realizado até aqui. Toda oração, reflexão e meditação, agora convertem-se em silêncio. É a presença de Deus que enche o espaço, preenche o coração e nos traz as respostas que buscamos, sejam elas complexas ou não.

 Levar para a vida

Todo momento de oração e meditação é válido. Toda entrega feita de coração é apreciada pelos olhos de Deus. Mas, se tudo isso não receber a continuidade devida, de que vale todo tempo e dedicação investidos?

Assim como o aprendizado que conquistamos nos sacramentos, durante a missa, celebrações e cursos, o que aprendemos durante o momento de oração deve ser levado a frente, vivido de maneira concreta. Toda palavra, exercício de fé e amor ao próximo, deve se tornar algo real, possível e chegar ao coração dos outros. E, principalmente, ao seu!

Conclua este ciclo de oração e entrega rezando um Pai Nosso e 3 Ave Marias, como se assinasse embaixo, atestando compromisso com tudo o que fora refletido, pensado e imaginado durante suas preces.

 

Mão na massa!

Mais do que rezar sua palavra, e tomar conhecimento dos seus ensinamentos, por meio da Lectio Divina e qualquer outro costuma de oração, Deus quer que você os cumpra, e viva intensamente todo o mistério que é caminhar ao lado de Jesus.

COMPARTILHE