Religião Católica

Maria mãe de Jesus: conheça a história da santíssima

Maria, mãe de JesusMaria, mãe de Jesus

Brilhante como o sol e como a lua!” Essa frase é de uma dentre centenas de canções dedicadas à trajetória de Maria mãe de Jesus. Destemida e corajosa em sua missão de dar vida ao filho de Deus, as honras dirigidas a ela nunca serão suficientes.

E, por mais que se saiba de sua bravura, ao mesmo tempo doçura e entrega são detalhes de sua história de vida não muito comentados antes de se tornar a mãe de Cristo. “Uma entre todas foi a escolhida”. Mais uma frase de outra canção que explica a importância de Maria na história da igreja católica.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Vamos conhecer um pouco mais sobre a mãe do salvador!

 

Quem foi Maria?

De pais judeus, Maria, filha de Ana e Joaquim, teria nascido entre 22 e 20 a.C. Isso teria acontecido quando seus pais já estavam com longa idade, já praticamente idosos. O que nos leva a refletir que seu próprio nascimento teria sido, também, uma obra divina.

No momento em que recebeu a visita do Anjo Gabriel, que lhe trouxera sua missão de vida em forma de boa nova, conta-se que Maria tinha aproximadamente 15 anos de idade.

A jovem que viria a ser mãe de Jesus Cristo, que já vivia em retidão e seguindo os preceitos de sua religião, agora havia recebido a notícia que transformaria a sua vida e que a colocaria na história do Cristianismo. E, assim, iniciou a vida de fardo e importância de Maria mãe de Jesu.

Sua grande missão em vida

Ser mãe de Jesus e caminhar ao lado de seu filho, assim como toda boa mãe, foi a missão dada por Deus a Maria. Escolhida antes de todos os séculos para receber em seu ventre o cordeiro de Deus, Maria soube da jornada que viria a enfrentar, durante uma visita de um anjo.

Este anjo mensageiro da boa nova foi ninguém menos que o anjo Gabriel, membro da Milícia Celeste criada por Deus, para auxiliá-lo nas missões no Céu e, em alguns momentos específicos como este, na Terra.

Maria disse sim e nem mesmo hesitou ao convite e missão entregues em mãos por um mensageiro vindo direto de Deus. Mesmo muito jovem, e ainda cheia de dúvidas sobre como exerceria este importante papel, ela entregou sua juventude e luz diante do Pai.

Ela foi informada de que daria luz ao salvador, e se fez obediente diante da tarefa concedida. A luz do Espírito Santo preencheria seu ventre, e Jesus seria gerado desta maneira, de forma milagrosa, assim como Maria também havia sido concebida em Terra.

Por isso o título de Santíssima. Maria foi concebida diante da pureza, e deu luz a Jesus Cristo seguindo virgem mesmo após o seu parto. Foi-lhe concedida esta graça, diante de tão importante missão!

O casamento com José

Os casamentos aconteciam de maneira mais precoce em épocas antigas, se assim podemos dizer. Uma vez que cada povo tem seus costumes e crenças ao redor do mundo, Maria casaria logo com José e teria ao seu lado um homem que a auxiliou e compreendeu a missão que a esposa havia então recebido.

De início, José teria reagido de forma um tanto quanto incompreensiva, rejeitando o casamento reservadamente, sem compreender como sua futura esposa estaria grávida.

Mas, bastou uma visita de outro anjo de Deus para tudo se desanuviar. José entendeu que a missão de sua amada noiva, seria, inclusive, uma missão em sua vida. E juntos construíram a família de Jesus na Terra. Não existira lar melhor para o filho de Deus ser gerado, concebido e criado!

 

Ombro direito de Jesus

Da gestação, ao nascimento e até o seu último respiro de vida, Jesus Cristo teve sua mãe Maria ao seu lado, incessante, imaculada e protetora. Maria mãe de Jesus foi uma grande guia nos passos dados por Jesus Cristo.

Mesmo com a sabedoria enviada por Deus, Jesus e Maria viveram uma relação de respeito e amor, assim como deve a ser a de todas as mães e seus filhos. Jesus Cristo a escutava, levava em conta seus conselhos e por mais admirável que fosse, contava com os ensinamentos da mãe, contando com Maria em todos os seus momentos de alegria, aflição, caminhando até a morte na Cruz.

 

A morte de Maria

A maneira oficial do falecimento de Maria não se sabe ao certo, mas, acredita-se que teria sido diante de um sono profundo, até ser elevada aos Céus ou então, que uma morte natural lhe tomara a vida, levando-a a redenção ao lado de Deus.

Encontramos aí um paradoxo, onde questiona-se a morte como consequência do pecado, mas, Maria viveu uma vida imaculada, tendo sido gerada e vivenciada sem cometer pecados, como então teria morrido? Fica o mistério divino!

 

Maria Santíssima

A assunção de Maria aos céus teria sido a forma como tornou-se santa aos olhos da igreja. Ainda mais do que a missão concebida por Deus, a trajetória de Maria em vida e sua chegada ao Céu, tendo continuado sua luta contra os males que assolam os filhos de Deus, lhe deram o título de Santíssima.

O amor dos fiéis católicos por esta mãezinha é algo inigualável. Sendo mãe de Jesus Cristo, Maria acaba tornando-se até mesmo a nossa mãe, sendo um norte de proteção, amor e colo.

 

Uma doce e importante homenagem

O título de Nossa Senhora é dado às santas que representaram, assim como Maria, transformações na sociedade e na história do cristianismo em si. Nomeá-las de Nossa Senhora é prestar uma grande homenagem a mãe de Jesus Cristo.

 

Os significados da oração ‘Ave Maria’

Uma oração curta, mas cheia de significado. A oração da ‘Ave Maria’ traz em si dizeres encontrados na Bíblia, mesclados à história e missão dadas por Deus à Maria. E repetição desta oração viria a dar forma e conteúdo à oração do rosário e, inclusive, do terço.

Bendiga-se o fruto gerado em seu ventre, o próprio Jesus!

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém!

 

Oração a Maria Santíssima

Confira abaixo também uma outra opção de oração encontrada na internet, onde pede-se pela intercessão de Maria Santíssima, tendo já vivido um grande desafio proposto por Deus, para nos conceder forças e coragem.

Ó, Mãe Santíssima, Mãe de Jesus, o Santo dos Santos, Mãe de todos os santos, Mãe de todos os homens, olhai por nós, que somos pecadores, fracos e limitados. Intercedei por nós, seus filhos e guiai-nos no caminho da santidade. Tu que vivestes neste mundo sem pecar, peça a Deus que nos livre de todo o pecado, pois, o pecado é o pior de todos os males que podem nos atingir. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte, amém!

COMPARTILHE