Religião Católica

Papa: conheça tudo sobre o cargo de chefe da Igreja Católica

Papa, tudo sobrePapa, tudo sobre

O Papa pode ser considerado o ser humano mais próximo de Deus. Para os católicos, o Sumo Pontífice ocupa a posição de sucessor de São Pedro – considerado o vigário de Cristo.

Na função de chefe da Igreja Católica, o papa auxilia na propagação do cristianismo. Formalmente, a Sua Sabtidade tem os títulos de Bispo de Roma, Vigário de Cristo, Sucessor do Príncipe dos Apóstolos, Supremo Pontífice, Primaz de Itália, Arcebispo e Metropolita da Província Romana, Soberano do Estado do Vaticano e Servo dos Servos de Deus.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Como se elege o papa?

A escolha de um papa é um dos rituais mais sagrados da Igreja Católica. A eleição, chamada de conclave (do latim, cum clave, que significa com chave), é feita por cardeais com menos de 80 anos de idade no interior da Capela Sistina, no Vaticano.

O conclave tem início entre 15 e 20 dias após a morte ou renúncia do papa. O cardeal mais antigo da ordem dos bispos é o responsável pela convocação e preside a eleição.

Cada cardeal, convocados de todas as partes do mundo, escolhe um nome de forma secreta. Se um candidato não somar dois terços dos votos, uma nova sessão será iniciada até um proponente ser maioria. Quando um cardeal é escolhido, ele será questionado se aceita a eleição como Sumo Pontífice. Caso a resposta seja positiva, a notícia será dada aos fiéis por meio de uma fumaça branca através da chaminé da Capela Sistina.

A função do Papa

A imagem do papa é costumeiramente ligada à celebração de missas, aos discursos no Vaticano e às viagens a outros países para disseminar as mensagens da Igreja Católica. Mas os deveres e obrigações do Sumo Pontífice vão muito além.

O papa é o bispo de Roma, chefe de estado da cidade do Vaticano e líder mundial da Igreja Católica. Para exemplificar a força de sua autoridade, o posto do pontífice descende diretamente de Jesus Cristo.

A lista de funções do papa conta com a manutenção da integridade da fé. O papa precisa se dedicar à expansão do catolicismo pelo mundo e tem a autonomia de nomear cardeais, eleger bispos, canonizar santos e criar dioceses.

O chefe da Igreja Católica deve intervir em questões administrativas do Vaticano. A defesa dos direitos humanos também é umas funções do papa.

Qual a autoridade política?

A estrutura de governo da Igreja Católica é hierarquizada e ramificada nos cinco continentes. O Papa, nesse contexto, é considerado a suprema autoridade.

Na prática, o papa pode modificar ou até mesmo ignorar as leis que regem o Vaticano. Por exemplo, o pontífice tem a autoridade de alterar a necessidade de os sacerdotes serem celibatários.

O cargo do Papa é vitalício. O pontífice possui autoridade para governar a doutrina e a fé católica. Ele também é o bispo de Roma e comanda a igreja universalmente.

Durante o pontificado, o Papa viaja para outros países para transmitir mensagens de paz e harmonia entre os povos. Ele também aproveita para disseminar as crenças católicas.

Os 10 últimos papas eleitos

Confira abaixo a lista dos 10 últimos papas eleitos.

10. Francisco: O argentino Jorge Mario Bergoglio foi eleito papa em 13 de março de 2013. Ele é o primeiro pontífice da história nascido no continente Americano.

9. Bento XVI: O alemão Joseph Aloisius Ratzinger exerceu o papado entre 19 de abril de 2005 e 28 de fevereiro de 2013. Abdicou o posto aos 85 anos devido à idade avançada.

8. João Paulo II: Karol Wojtyla, o papa João Paulo II, se tornou santo. A canonização foi celebrada pelo papa Francisco na praça de São Pedro em abril de 2014. O seu papado durou 27 anos, tendo início com sua entronização no dia 22 de outubro de 1978 e terminando em 2 de abril de 2005.

7. João Paulo I: Albino Luciani foi eleito papa em 26 de agosto de 1978, mas ficou no cargo durante 33 dias. Conhecido como o “papa sorriso”, morreu em 28 de setembro de 1978. A causa foi possivelmente associada com infarto do miocárdio.

6. Paulo VI: O italiano Giovanni Battista Montini foi o primeiro papa a viajar de avião e a visitar os cinco continentes. Ele foi eleito em 21 de junho de 1963 e permaneceu no cargo até 6 de agosto de 1978.

5. João XXIII: Angelo Giuseppe Roncalli adotou o lema “obediência e paz” para o seu curto papado. O italiano foi eleito em 28 de outubro de 1958 e faleceu em decorrência de um câncer de estômago em 3 de junho de 1963.

4. Pio XII: O romano Eugenio Pacelli foi eleito papa em 2 de março de 1939. À frente da Igreja Católica, ele superou a Segunda Guerra Mundial com um esforço notório pela paz. Faleceu em 9 de outubro de 1958.

3. Pio XI: Achille Ratti exerceu o seu pontificado entre 6 de fevereiro de 1922 e 10 de fevereiro de 1939. Produziu corajosas encíclicas contra o fascismo, o nazismo e o comunismo ateu.

2. Bento XV: Giacomo della Chiesa liderou a Igreja Católica durante a Primeira Guerra Mundial. Foi eleito papa em 3 de setembro de 1914 e permaneceu no cargo até a sua morte em 22 de janeiro de 1922.

1. São Pio X: Giuseppe Melchiorre Sarto permitiu a prática da comunhão eucarística frequente e fomentou o acesso das crianças à Eucaristia. Exerceu o seu pontificado entre 4 de agosto de 1903 e 20 de agosto de 1914.

Visita de Papas ao Brasil

Seja em nome de alguma missão da Igreja Católica ou por visita, alguns dos papas já visitaram nosso querido Brasil. Veja abaixo quais foram os papas que estiveram em nosso país para espalhar a palavra da fé.

Francisco

O carisma do Papa Francisco foi sentido de perto pelos brasileiros em 2013. Em julho daquele ano, o pontífice permaneceu uma semana no País para participar da Jornada Mundial da Juventude. Celebrou missa em Aparecida, interior de São Paulo, e no Rio de Janeiro visitou uma favela, conversou com jovens infratores e falou para uma multidão de 3 milhões de pessoas em Copacabana.

Visita de papas ao Brasil, Francisco

Francisco é o primeiro papa eleito do continente americano. Batizado como Jorge Mario Bergoglio, ele nasceu em Buenos Aires no dia 17 de dezembro de 1936, diplomou-se como técnico químico e depois escolheu o caminho do sacerdócio.

Alcançou o cargo de arcebispo de Buenos Aires e, em 13 de março de 2013, foi eleito papa após a abdicação de Bento XVI. Além de carismático, é conhecido pelos seus discursos duros contra a desigualdade social.

Conheça 10 curiosidades sobre Papa Francisco.

Bento XVI

A primeira e única visita do papa Bento XVI ao Brasil ocorreu entre os dias 9 e 13 de maio de 2007. O pontífice realizou missas em São Paulo e deu início à 5ª edição da Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, em Aparecida, interior de São Paulo.

Durante a passagem pelo Brasil, Bento XVI anunciou a canonização de Frei Galvão. Ele tornou-se Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, o primeiro santo nascido no País.

Visita de papas ao Brasil, Bento

No Brasil, Papa Bento XVI tratou de assuntos polêmicos em seus discursos. Falou sobre eutanásia, aborto, exaltou a castidade e pediu mais fé aos católicos.

Joseph Ratzinger, o Bento XVI, nasceu no dia 16 de abril de 1927, em Marktl, Alemanha. Recebeu a ordenação sacerdotal em 1951, participou dos conclaves para as escolhas dos papas João Paulo I e João Paulo II.

Após a morte de João Paulo II, Joseph Ratzinger foi eleito papa da Igreja Católica em 19 de abril de 2005. Renunciou em 2013 e justificou o ato pela idade avançada.

João Paulo II

Papa João Paulo II fez três visitas oficiais em terras brasileiras: 1980, 1991 e 1997. Ele entrou para a história do Brasil por ter sido o primeiro Papa a pisar no solo do País.

A primeira passagem ocorreu em 1980. João Paulo II participou do 10º Congresso Eucarístico Nacional, entre 30 de junho a 12 de julho 1980, em Fortaleza, no Ceará, e promoveu a beatificação do jesuíta espanhol José de Anchieta, fundador de São Paulo.

Dois anos depois, o Papa passou pelo Brasil em uma visita não oficial. Ele fez um discurso no Rio de Janeiro durante a escala rumo à Argentina.

Visita de papas ao Brasil, João Paulo

Em 1991, João Paulo II retornou ao Brasil e visitou irmã Dulce em Salvador, na Bahia. Ela era conhecida por dedicar a vida às crianças baianas. Seis anos depois, o pontífice participou do 2º Encontro Mundial do Papa com as Famílias, no Rio de Janeiro.

Nascido em Wadowice, na Polônia, no dia 18 de maio de 1920, Karol Wojtyla trabalhou como operário em minas de pedra e numa fábrica química em Cracóvia. Entrou no seminário e, em 1946, foi ordenado sacerdote.

Wojtyla foi eleito Papa em 16 de outubro de 1978. Permaneceu no cargo até a sua morte em 2 de abril de 2005. Durante o seu pontificado, o segundo mais longo, João Paulo II proclamou 1.338 beatos e 482 santos.

COMPARTILHE