Religião Católica

Principais personalidades da Bíblia: conheça 7 nomes importantes

Principais personalidades da Bíblia

A Bíblia é repleta de histórias encorajadoras e parábolas de ensinamento, por isso veremos neste artigo, os principais personagens da Bíblia, em exemplos de fé, amor, coragem e paciência.  Se você tem curiosidade e gostaria de conhecer ou relembrar as principais personalidades da Bíblia que foram usados para cumprir os planos divinos, este artigo vai te guiar por resumos biográficos curtos, porém tocantes e esclarecedores.

As principais personalidades da Bíblia

As principais personalidades da Bíblia serão discorridas por ordem de aparição nas Escrituras Sagradas. Jesus será apresentado no fim, por ser a consumação do plano de salvação.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Confira abaixo as 7 principais personalidades da Bíblia sagrada.

Adão e Eva

 

E tomou o SENHOR Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.

Gênesis 2.15

Característica mais marcante: A inocência.

Conquista mais marcante: primeiro ser humano

Quando viveu: 930 anos desde o início da história registrada

Significado do nome: Adão, que significa humanidade. Eva, que significa vida, ou a que dá vida

Principal passagem sobre Adão e Eva na Bíblia: Gênesis 2.7–5.5; Gênesis 2.18–4.1

“No princípio, criou Deus o firmamento” (Gênesis 1.1). Essas famosas palavras abrem a Bíblia e apontam para o início de toda a criação e para Adão, o primeiro de nós e o princípio de toda a humanidade. Após, isso todos possuímos o privilégio de termos sido criados à imagem de Deus. Com eles, vimos que nossa existência deveria ter sido desde o início: santa. A história de Adão e Eva também mostra o efeito do seu pecado.

Adão é a primeira das principais personalidades da Bíblia o primeiro ser humano criado, e o primeiro a experimentar a perfeição de Deus, destinado a cumprir o plano original do Criador para a humanidade: um relacionamento perfeito com Ele em um paraíso, chamado Éden de saúde e paz. Infelizmente, Adão e sua esposa, Eva, tomaram uma decisão que levou a raça humana a um caminho de pecado, miséria e morte.

Contudo, Deus não deixou Adão e Eva, e a humanidade sem esperança. E assim fez uma de suas primeiras promessas prometeu que um descendente da mulher algum dia derrotaria o mal e, especialmente, Satanás, representado pela serpente no jardim do Éden. O Altíssimo explicou ao diabo que alguém viria (Jesus) e lhe feriria a cabeça (Gênesis 3.15), referindo-se ao golpe fatal que será dado em Satanás.

Adão recebeu das mãos do Criador, terras e por consequência, o ofício de liderar todo ser vivo. Também recebeu alguém para complementá-lo, sua Mulher e companheira, que veio de suas costelas para formar uma equipe perfeita.

Conheça mais da história de Adão e Eva.

A provação

Apesar de ter sido criado em pureza, ainda não havia passado por provação. Sua companheira, foi abordada e tentada por Satanás primeiro, que lhe fala por intermédio da serpente. Eva se deixou ser enganada desobedeceu a Deus ao comer o fruto proibido. Depois, pediu a Adão que também comesse o fruto proibido. Adão não resiste; ele come com total conhecimento de que sua atitude era de desobediência (1 Timóteo 2.14).

Além de comerem o fruto, eles se esquecem das palavras e de tudo que Deus os deu e preferem acreditar nas mentiras do diabo e colocam sua própria vontade acima da divina.

Por consequência foram expulsos do Jardim do Édem, nus em completa vergonha que simbolizava o pecado. Porém, em sua misericórdia, Deus ainda dá esperança de que viria o Salvador para derrotar Satanás e o pecado.

Caim

 

Outro grande nove que faz parte das principais personalidades da Bíblia é Caim.

Adão teve relações com Eva, sua mulher, e ela engravidou e deu à luz Caim. Disse ela:

Com o auxílio do Senhor tive um filho ho­mem. Voltou a dar à luz, desta vez a Abel, irmão dele. Abel tornou-se pastor de ovelhas, e Caim, agricultor.

(Gênesis 4:1-2).

Característica mais marcante: o primeiro ser humano que foi gerado por um homem e uma mulher.

Fato mais marcante: desumano – primeiro ser humano a matar seu próprio irmão.

Quando viveu: não é citado na Bíblia

Significado do nome Caim: Do hebraico significa, possuir.

Principal passagem sobre Caim na Bíblia: Gênesis 4

Caim foi o primeiro filho de Adão e Eva, ele se se tornou lavrador da terra. A principal história que a Bíblia conta sobre ele, foi a respeito de sua impiedade.

Caim e seu irmão Abel, em um certo momento, foram convidados a levar a Deus suas ofertas e sacrifícios. Enquanto Abel, que era pastor de rebanho, levou as partes gordas do primogênito de seu rebanho, Caim, levou apenas frutos da terra, onde nada houve de sacrifício em sua oferta, como se fosse perfeito e não tivesse pecados.

Após Deus recusar a oferta sem valor de Caim, ele se enfureceu e sua raiva pode ser vista em sua expressão. Chamou então, seu irmão mais novo, Abel para o campo e foi lá que o matou.

Caim viveu por muito tempo em Node, distante de do Jardim do Éden, onde, se casou e teve um filho chamado Enoque, que também deu nome ao povoado que ali se estabeleceu.

Conheça a história completa de Caim e Abel.

Abraão

 

Terá tomou seu filho Abraão, seu neto Ló, filho de Harã, e sua nora Sarai, mulher de seu filho Abraão, e juntos partiram de Ur dos caldeus para Canaã. Mas, ao chegarem a Harã, estabeleceram-se ali.

Gênesis 11:31

Característica mais marcante: fé em Deus

Fato mais marcante: considerado o pai da fé, já que o Novo Testamento ensina que todos que têm fé em Jesus são descendentes espirituais de Abraão

Quando viveu: Quando viveu: Cita que viveu por 175 anos. (Gen 25:7).

Significado do nome Abrão: pai de multidões.

Principal passagem sobre Abraão na Bíblia: Gênesis 13:14-17

O pai de Abraão se chamava Terá, e sua família era nascida de Ur dos Caldeus, localizada na Mesopotâmia. Quando o irmão de Abraão morreu, a família saiu de Ur em direção à terra de Canaã, e foram até Harã, e habitaram ali (Gn 11:31). Na época tanto Ur quanto Harã, eram cidades pagãs.

É muito difícil de definir com exatidão o ano do nascimento Abraão, mas a maioria dos teólogos estabelece o início do segundo milênio antes de Cristo, como data aproximada de seu nascimento.

A Bíblia conta em Gênesis capítulo 12, sobre o chamado de Deus convocando a Abraão para que saísse do meio do paganismo, mesmo que fosse necessário deixar sua parentela e obedecendo a Deus com fé, partiu para a terra prometida por Deus. Foi com setenta e cinco anos que Abraão partiu a Canaã levando consigo sua esposa Sarai, seu sobrinho Ló, todos os seus servos e bens que havia adquirido.

 

Isaque

 

O Senhor foi bondoso com Sara, como lhe dissera, e fez por ela o que prometera. Sara engravidou e deu um filho a Abraão em sua velhice, na época fixada por Deus em sua promessa. Abraão deu o nome de Isaque ao filho que Sara lhe dera.

Gênesis. 21:1-3

Característica mais marcante: caráter pacífico

Fato mais marcante: o Filho da Promessa

Quando viveu:  Na Bíblia cita que viveu por 180 anos.

Significado do nome Isaque:  aquele que ri.

Principal passagem sobre Isaque na Bíblia: Gênesis  26:24-25

Isaque foi o filho de Abraão e o pai de Jacó e Esaú. Ele foi um dos patriarcas da nação de Israel, o herdeiro prometido a Abraão.
Deus prometeu um filho a Abraão quando ele tinha 99 anos, imediatamente Sara e Abraão riram, pois julgavam impossível, já que ambos eram avançados em idade pra ter filhos. Quando Abraão tinha 100 anos de idade e Sara tinha 90, Isaque nasceu.

Quando Isaque ainda era jovem, Deus fez um pedido inesperado a Abraão, e o mandou sacrificar seu filho prometido. Abraão amava muito Isaque, mas ele decidiu obedecer a ordem de Pai Todo Poderoso, crendo que Deus o poderia ressuscitar.

O sacrifício

Na subida do monte Moriá, rumo ao sacrifício, Isaque perguntou a seu pai onde estava o cordeiro do sacrifício, foi então que Abraão lhe disse que Deus iria providenciar o cordeiro. Abraão prendeu Isaque e o colocou no altar para o matar. Mas Deus impediu Abraão e lhe providenciou um carneiro. Então Abraão e Isaque voltaram para casa.

Sara morreu quando Isaque completou 37 anos. Ele ficou muito triste, e sofreu luto por pelo menos 3 anos, até conhecer Rebeca com quem se casou. Isaque amava Rebeca e nunca houve outra mulher na sua vida.

Tudo que Abraão tinha, bens materiais e a promessa divina de que seus descendentes seriam uma grande nação, Isaque herdou quando seu pai morreu.

Quando Isaque foi viver entre os filisteus, fez Sara se passar por sua irmã, por medo de o matarem e ficarem com a sua mulher, já que ela era muito formosa e ele muito invejado por prosperar em tudo que fazia.

Relação com os filhos

Rebeca era estéril e também não podia ter filhos. Então Isaque orou durante 20 anos, após seu matrimônio, e quando ela engravidou, teve gêmeos: Esaú e Jacó. Isaque preferia Esaú mas Rebeca preferia Jacó, o que acabou gerando conflitos familiares, já que os pais devem amar seus filhos, igualmente.

Quando Isaque estava velho e cego, ele chamou Esaú para o abençoar. Enquanto Esaú se preparava, Jacó tomou o lugar de seu irmão e enganou Isaque. Pensando que era Esaú, Isaque abençoou Jacó e o tornou seu herdeiro. Quando Isaque descobriu que tinha sido enganado, ele não retirou sua bênção de Jacó mas reconheceu que tinha que ser assim.

Jacó se exilou por temer retaliação de Esaú. Quando voltou, sua mãe já havia falecido e Isaque morreu algum tempo depois do retorno de Jacó, com 180 anos de idade. Ele ficou conhecido por ser um homem de paz, que tinha fé em Deus.

Davi

 

Jessé levou a Samuel sete de seus filhos, mas Samuel lhe disse: “O Senhor não escolheu nenhum destes”. Então perguntou a Jessé: “Estes são todos os filhos que você tem?”

Jessé respondeu: “Ainda tenho o caçula, mas ele está cuidando das ovelhas”.
Samuel disse: “Traga-o aqui; não nos sentaremos para comer enquanto ele não chegar”. Jessé mandou chamá-lo, e ele veio. Ele era ruivo, de belos olhos e boa aparência.
Então o Senhor disse a Samuel: “É este! Levante-se e unja-o”.

1 Samuel 16:10-12

Característica mais marcante: corajoso e com grande fé.

Fato mais marcante: Venceu o gigante Golias.

Quando viveu: Na Bíblia cita que viveu por 70 anos.

Significado do Nome Davi:  em hebraico, significa o amado.

Principal passagem sobre Davi na Bíblia: Gênesis 26:24-25.

Davi foi maior rei Israel e antepassado de Jesus. De origem humilde, ele trabalhava no campo pastoreando ovelhas, por sua coragem e talento tornou-se líder militar, rei, músico e poeta. Davi escreveu grande maioria dos salmos e ficou conhecido como um homem “segundo o coração de Deus”.

Davi era o filho mais novo de Jessé, cuidava das ovelhas de seu pai e tocava harpa. Em dado momento, Davi foi servo do rei Saul. Quando os filisteus atacaram Israel, Davi derrotou o gigante Golias e se tornou um guerreiro famoso e popular. Saul o invejou e tentou matá-lo, porém Davi conseguir fugir com a ajuda de Jônatas, filho de Saul, mas que era seu amigo.

O Rei de Judá

Davi teve a oportunidade de matar Saul, mas se recusou. Só quando Saul morreu em peleja, Davi se tornou rei da tribo de Judá durante sete anos, e depois de toda Israel.

Seu reinado foi marcado por muitas lutas e vitórias. Ele consolidou o poder de Israel e fez de Jerusalém a capital, levando até a Arca da Aliança para lá, onde iniciou preparativos para seu filho Salomão construir o templo.

Apesar de Davi ter acumulado muitos pecados, ele se arrependia com humildade diante de Deus. Reconhecia que sua salvação dependia de Deus, então o Pai o abençoou, garantindo sua descendência.

Maria

 

Perguntou Maria ao anjo: “Como acontecerá isso, se sou virgem? ”

Lucas 1:34

Característica mais marcante: pura e fiel.

Fato mais marcante: escolhida por Deus para gerar seu filho Jesus.

Quando viveu: Na Bíblia cita que viveu por 70 anos.

Significado no nome Maria: aquela que é a pura.

Principal passagem sobre Maria na Bíblia: Lucas 1.38.

A vida de maria mãe de jesus era a de uma típica jovem judia na Palestina, porém ela foi vista por Deus e chamou a atenção divina com seu comportamento e com a sua fidelidade.

Em visita do anjo Gabriel, ela se surpreendeu com uma grande presença poderosa e iluminada que a saudou dizendo: “Alegre-se, agraciada! O Senhor é convosco!

Nesta altura, Maria já era noiva de José e a notícia vinda divina causaria grande mudança nos planos do jovem casal.

O anjo Gabriel veio anunciar o nascimento de Jesus a virgem Maria. No início ficou preocupado como aquilo poderia acontecer se era ainda virgem e como explicaria tamanho milagre a todos.

O Sobrenatural

O anjo Gabriel a tranquiliza e explica que isso se aconteceria de forma sobrenatural, como cumprimento da promessa feita através do profeta Isaías que diz:

A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel” que significa “Deus conosco

(Mateus 1:23)

Quando Maria aceitou a vontade de Deus para sua vida, ela conhecia os riscos e o que as pessoas iriam dizer. Em sua época a mulher que engravidasse fora do casamento poderia ser apedrejada e morta.

A experiência sobrenatural que teve foi o suficiente para lhe dar confiança, já que o anjo Gabriel também apareceu a José, para confirmar o milagre em que ambos seriam usados por Deus.

Jesus Cristo

 

“Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.”

João 3:16

Característica mais marcante: obediência, humildade e serviência.

Fato mais marcante: Morreu crucificado e ressuscitou dentre os mortos.

Quanto viveu: 33 anos.

Significado do nome Jesus: o salvador.

Principal passagem sobre Jesus na Bíblia: Romanos 13:8, São Mateus 4:4 e João 6:35.

A última principais personalidades da Bíblia mas de jeito nenhum a menos importante é: Jesus.

Jesus Cristo foi enviado dos céus como mensageiro de Deus, profeta, servo, pregador e figura central do Cristianismo, também foi representado como Rei dos Judeus.

Viveu sua vida como servo de Deus, além de filho. E em tudo serviu como exemplo de uma vida santa e dedicada ao bom combate da Palavra da Bíblia.

O nascimento de Jesus aconteceu em Belém, passou a infância e a juventude em Nazaré. O Evangelho de Lucas diz que aos 12 anos ele viajou com José e Maria para Jerusalém, para celebrar a Páscoa Judaica.

No caminho de volta para Nazaré, perceberam que Jesus não estava com eles. Procuraram durante 3 dias e então voltaram ao Templo de Jerusalém, local sagrado para os judeus, onde Jesus se encontrava em conversa com os sacerdotes. Segundo Lucas “Todos que o ouviam se admiravam com sua inteligência“.

A caminhada da fé e da pregação

Ainda jovem, desceu as águas do rio Jordão, e iniciou sua caminhada de pregações e milagres. Assim como João Batista, Jesus via o mundo dividido entre forças do bem e do mal. Em um mundo que precisava da intervenção de Deus Pai para acabar com as tribulações.

Seguiu por muitas peregrinações realizando milagres, acompanhado de seus 12 discípulos. Entre muitos ensinamentos, nunca deixou servir e de ser humilde, porém foi traído em sua última Santa Ceia, acusado de liderar uma rebelião de cunho político e blasfêmia, pois estava causando desordem no Templo, e também se intitulava como Filho de Deus e Rei dos Judeus.

Após ser tripudiado, crucificado e humilhado, ressuscitou ao terceiro dia e retornou ao céus, voltando em visões para confirmar o acontecido através de sua mãe Maria e seus discípulos.

Conheça mais sobre a história de Jesus Cristo.

Gostou de conhecer as principais personalidades da Bíblia? Qual delas é a sua preferida.

COMPARTILHE