Salmos

Salmo 150: entenda o seu verdadeiro significado e ore com a bíblia

Salmo 150

Você conhece o Salmo 150? O Salmo 150 é o último salmo do Livro dos Salmos e nele o salmista encerra esta parte em grande estilo. Ele convida a todos, homens, animais e firmamento, a louvar ao Senhor Deus. Em todos os lugares, momentos, ocasiões: “louvem-no segundo a imensidão de sua grandeza!”

Quando adoramos a Deus, ficamos cada vez mais próximos das suas graças. À medida que o adoramos e o conhecemos, somos mais cheios dele.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Que seja assim em nossas vidas. Que o brilho de Deus seja ministrado sobre nós, à medida que o adoramos e glorificamos o Seu Nome.

Salmo 150 completo

  1. Louvai-o por suas obras maravilhosas, louvai-o por sua majestade infinita.
  2. Louvai-o ao som da trombeta, louvai-o com a lira e a cítara.
  3. Louvai-o com tímpanos e danças, louvai-o com a harpa e a flauta.
  4. Louvai-o com címbalos sonoros, louvai-o com címbalos retumbantes. Tudo o que respira louve o Senhor!

O autor do Salmo 150

O autor do Salmo 150 não foi identificado na Bíblia, permanecendo anônimo.

Encontre aqui os outros salmos completos.

Como rezar o Salmo 150?

O Salmo 150 é um salmo de louvor, ou seja, uma elaboração sobre a palavra hebraica aleluia, que significa louvai ao Senhor.

Nosso louvor a Deus deve ser fiel à sua grandeza, agradecendo pelos seus poderosos feitos. Devemos louvá-lo de forma tão intensa, sincera e magnífica, assim como ele é.

Como achar o Salmo 150 na Bíblia?

O Salmo 150 pertence ao Livro dos Salmos e se encontra no Velho Testamento, entre os livros de Jó e Provérbios. O Salmo 6 estará aproximadamente na página 777.

Dica: É muito fácil encontrar o livro dos Salmos na bíblia. Basta abri-la ao meio!

Salmo 150: trechos importantes e o que significam

– Versículo 1: Aleluia. Louvai o Senhor em seu santuário, louvai-o em seu majestoso firmamento.

Ao cantar esse salmo, devemos sentir o coração tocado pelas perfeições de Deus em todos os lugares, a todos os tempos, no mundo inteiro, eternamente.

– Versículo 3: Louvai-o ao som da trombeta, louvai-o com a lira e a cítara.

Deus merece um louvor ilimitado, representado nas palavras, na música e nos gestos, com grande entusiasmo.

– Versículo 5: Louvai-o com címbalos sonoros, louvai-o com címbalos retumbantes. Tudo o que respira louve o Senhor!

Em cada respiração da vida, de todos os seres que habitam a Terra, deverá haver um louvor, um elogio, uma exaltação ao Senhor.

A mensagem do Salmo 150

O Salmo 150 é um dos mais importantes estímulos para o louvor a Deus. Esse hino mostra como adorar ao rei dos reis, propagando a dimensão do amor e da proteção que está sobre a humanidade e agradecendo todas as bênçãos alcançadas.

Neste último capítulo, a Doxologia final (glória + palavra final), o salmista retoma o tema central dos 150 Salmos do livro, concluindo que todos devemos louvar ao senhor em todo e qualquer lugar. Ele mostra pelo que e por qual razão Deus tem de ser louvado, como Deus deve ser louvado e quem deve louvar ao Senhor, ou seja, tudo o que respira. Este fôlego que o Criador nos deu deve ser usado para louvá-lo.

O Livro de Salmos começa com a bênção de Deus aos justos e termina com toda a criação adorando nosso amado Criador.

Conheça as passagens bíblicas mais famosas.

O Livro dos Salmos

O Livro dos Salmos é constituído por citações, cânticos e poemas de louvor, criando assim o coração do Antigo Testamento da Bíblia. Várias pessoas foram usadas pelo Espírito Santo para nos revelar essa rica literatura de adoração há mais de nove séculos.

A maioria dos Salmos, 73 deles, tem sua autoria creditada ao rei Davi. Vários homens que conduziam o louvor em Jerusalém (Asafe, Etã e os descendentes de Corá) escreveram aproximadamente 25 dos salmos. Os salmos restantes, quase um terço, possuem autores anônimos.

Na Igreja Católica, os 150 Salmos formam o núcleo da oração cotidiana, a chamada Liturgia das Horas, possuindo grande relevância nos rituais.

A rica diversidade dos Salmos escritos carrega palavras de conforto, ensinamentos e lições inspiradoras que tratam das emoções e experiências humanas.

Você pode rezar um Salmo para superar as adversidades, para agradecer pelas bênçãos, para enfrentar o medo e a perseguição, para comemorar as alegrias, para buscar orientação divina, para fortalecer a sua fé, para louvar as qualidades de Deus e muito mais.

Veja mais sobre os Salmos, o que são.

COMPARTILHE