Santos

Conheça a vida de Santa Rita de Cássia, a santa das causas impossíveis

Santa Rita de CássiaSanta Rita de Cássia

A vida de Santa Rita de Cássia não foi fácil. Casada com um homem violento, ficou viúva, presenciou a morte de seus filhos gêmeos e levou a chaga de Jesus Cristo na testa por 15 anos como uma demonstração de amor e penitência.

E sua devoção a Jesus Cristo a levou a ser reconhecida como santa das causas impossíveis. Santa Rita de Cássia também é a padroeira dos necessitados graças aos milagres realizados por Deus durante sua vida e após a sua morte. Conheça a história completa de Santa Risa de Cássia e sua oração.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

História de Santa Rita de Cássia

Santa Rita de Cássia nasceu em 1381, na cidade de Cascia, na Itália. Ela faleceu em 22 de maio de 1457, aos 76 anos. O seu corpo estava consumido por feridas, mas logo após a morte ocorreram fatos milagrosos. Ela recuperou as cores, as chagas se cicatrizaram e o corpo emanava um aroma perfumado.

Atualmente, a imagem da santa sempre é acompanhada de rosas e figos. Isso porque, cinco anos antes de morrer, um parente foi visitá-la e colheu a flor e a fruta madura no quintal coberto por uma grossa camada de neve.

A beatificação ocorreu em 1627. A sua canonização foi realizada em 1900.

Quem foi Santa Rita de Cássia

Rita de Cássia entrou no convento das irmãs Agostinianas após a morte do marido e dos filhos gêmeos. Durante 40 anos, ela viveu junto com as freiras e permaneceu mergulhada na oração focada em Deus.

Esse desejo de Santa Rita de Cássia viver no monastério não foi fácil de ser conquistado. As freiras teriam negado a sua entrada por três vezes, mas as orações direcionadas a São João Batista, São Agostinho e São Nicolas de Tolentino teriam introduzido a religiosa ao convento.

Um dos fatos mais marcantes na vida de Santa Rita de Cássia ocorreu na Sexta-Feira Santa de 1432. Durante uma oração diante do crucifixo, ela perguntou se poderia compartilhar os sofrimentos de Jesus Cristo.

Após o pedido, Rita de Cássia foi atravessada na testa por uma das espinhas da coroa de Jesus. A chaga na testa permaneceu por 15 anos, um período de sofrimento sem trégua.

A importância da Santa

A história de Santa Rita de Cássia ensina as pessoas a amar. Ela dedicou metade de sua vida única e exclusivamente a Deus e o amou através do sofrimento.

A pessoa que busca ser um verdadeiro devoto da santa deve trilhar o mesmo caminho: alguns na vida matrimonial e outros na celibatária.

A causa de Santa Rita de Cássia

Ela é conhecida como “a santa das causas impossíveis“. Esse título, recebido pelos seus devotos, tem relação direta com a sua história de vida.

O seu marido, Paolo Ferdinando, era conhecido como um homem violento. Juntos, tiveram dois filhos gêmeos e Rita, com o tempo, consegiu tornar o seu companheiro mais dócil.

A vida conjugal de Rita foi interrompida após 18 anos de matrimônio com o assassinato de Paolo Ferdinando. Ela buscou consolo na oração e pediu perdão de Deus para os assassinos do seu marido.

Os filhos, revoltados, queriam vingar a morte do pai. Foi aí que Rita rogou ao senhor e ofereceu a vida dos seus filhos para não vê-los manchados de sangue. Eles morreriam menos de um ano depois.

O dia de Santa Rita

O dia de Santa Rita de Cássia é comemorado em 22 de maio. A data marca a morte da religiosa.

Antes de morrer, Santa Rita de Cássia teve a visão de Jesus e da Virgem Maria. Ambos teriam a convidado para o Paraíso.
Uma das freiras do convento das irmãs Agostinianas viu o corpo de Santa Rita de Cássia subir ao céu acompanhada de anjos. Ao mesmo tempo, os sinos da igreja começaram a tocar sozinhos, enquanto um suave perfume se estendia por todos os lados do monastério.

Padroeira de Santa Cruz

Padroeira de Santa Cruz
Santa Rita é padroeira de Santa Cruz, no Rio Grande do Norte. Uma estátua de 56 metros de altura foi inaugurada na cidade em 2010, às margens do rio Trairi. É considerada a maior imagem católica do planeta.

Segundo a história de Santa Cruz, o fundador do município era devoto de Santa Rita de Cássia. Ele construiu a primeira capela em homenagem à santa em 1825. Anualmente, em 22 de maio, mais de 60 mil pessoas costumam visitar a cidade em peregrinação.

Igreja de Santa Rita de Cássia

Na Itália

O Santuário de Santa Rita fica na cidade de Cascia, província de Perugia, na Itália. No altar estão expostos um pedaço das vestes da santa e um fragmento ósseo.

Em São Paulo

A Paróquia Santa Rita de Cássia foi inaugurada no dia 30 de maio de 1937. A igreja foi criada e instalada perto da Escola Santa Maria.
A igreja está instalada na rua Santa Rita, 799, no bairro Pari, em São Paulo.

No Rio de Janeiro

A igreja matriz da Paróquia de Santa Rita fica instalada no centro do Rio de Janeiro, precisamente no Largo de Santa Rita. A construção tem uma fachada simples com detalhes expressivos do barroco.

Internamente, a nave retangular apresenta as paredes laterais com pilastras que se estendem à cimalha com os arcos do teto abaulado. Nele estão instalados alguns painéis.

No Rio Grande do Norte

A Paróquia de Santa Rita de Cássia tem sua origem em 27 de março de 1935. A igreja fica na praça Presidente Vargas, 80, Centro, em Santa

Oração de Santa Rita de Cássia

Ó poderosa e gloriosa Santa Rita, eis a vossos pés uma alma desamparada que, necessitando de auxílio, a vós recorre com a doce esperança de ser atendida por vós que tendes o incomparável título de Santa dos casos impossíveis e desesperados.
Ó cara Santa, interessai-vos pela minha causa, intercedei junto a Deus para que me conceda a graça de que tanto necessito (dizer a graça que deseja). Não permitais que tenha de me afastar dos vossos pés sem ser atendido.
Se houver em mim algum obstáculo que me impeça de obter a graça que imploro, auxiliai-me para que o afaste. Envolvei o meu pedido em vossos preciosos méritos e apresentai-o a vosso celeste esposo, Jesus, em união com a vossa prece.
Ó Santa Rita, eu ponho em vós toda a minha confiança; por vosso intermédio, espero tranquilamente a graça que vos peço. Santa Rita, advogada dos impossíveis, rogai por nós.

Conheça mais histórias inspiradores de santos.

COMPARTILHE