Santos

Santo André: o apóstolo de jesus e padroeiro dos injustiçados

Santo André

Da realidade da pesca como ofício principal, passando a ser o primeiro discípulo de Jesus, até ser eternizado na história do Cristianismo, Santo André traz em sua jornada de vida um constante empenho ao seguir as palavras do Evangelho. Tanto é que sua vivência entrou para os escritos da Bíblia, e seu papel como discípulo o concedeu a canonização e o título de santo.

Vamos juntos conhecer um pouco mais sobre a história deste santo vindo do Mar da Galileia, de família trabalhadora e dono de uma inspiradora trajetória.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

História de Santo André

André era irmão de Simão, que depois viria a se chamar Pedro, os dois eram filhos de um pescador, nascidos às margens do Mar da Galileia. Ambos viriam a se tornar seguidores fiéis de Jesus Cristo.

Tendo a mesma função que o pai, usufruindo da pesca como profissão e meio de sustento, moravam em Cafarnaum, local onde Jesus posteriormente passaria.

Foi João Batista, primo de Jesus, quem o apresentou aos irmãos André e Pedro, que instantaneamente admiraram-se por sua grandeza e sabedoria, tornando-se seus seguidores e propagadores de sua palavra, certo tempo depois.

Os primeiros dos 12

Os filhos de Jonas setornaram os primeiros dos 12 apóstolos  de Jesus Cristo, uma vez que já eram amigos e seguidores honrados de João Batista e todos os seus ensinamentos também pregados.

André encontrou Jesus por primeiro, e fez questão de apresentar a seu irmão posteriormente, compartilhando assim a graça de encontrar o homem tão humilde e conhecido por onde passava.

Foi André também quem introduziu boa parte dos discípulos seguintes no caminho de Jesus. Ele teve essa importante missão na formação dos doze seguidores fiéis de Jesus Cristo, quase como um guia e orientador aos que desejavam partilhar da convivência e servidão ao que é pregado nas palavras do Evangelho até os dias de hoje.

Santa Curiosidade

A nome de Santo André aparece mais de dez vezes no Novo Testamento, e um destes momentos ele é testemunha de um dos milagres mais conhecidos e realizados por Jesus: o da multiplicação dos pães.

Foi André quem proporcionou o encontro do garoto que tinha apenas cinco pães e poucos peixes na mão, com o já conhecido e milagroso Jesus.

Ele ainda caminhou durante boa parte da vida ao lado de Cristo, tendo vivenciado seus tantos outros milagres, acompanhado suas pregações, e recebendo até mesmo o perdão de Jesus diante de sua fraqueza de fé.

Todas estas experiências o tornaram um Apóstolo memorável, e ainda construíram o caminho para que ele se tornasse um nome sempre lembrado na história da igreja católica.

A morte de Santo André

Tendo se mudado para a região da Grécia, André colaborou com a fundação da igreja católica nestes cantos do mundo, e sofreu muita repressão por conta de sua fé e empenho, que contrariavam os desígnios dos poderosos imperadores.

O confronto entre a fé católica, e a crença sobre os deuses pagãos da mitologia grega entravam em conflito, tanto que André passou a sofrer repreensões por conta disto.

Mas, fiel e temente, como sempre foi, preferiu viver o martírio de sua fé ao arredar de sua fidelidade a Cristo. Foi condenado a morte na cruz, que tanto admirava na história de Jesus, e permitiu-se assim morrer, dividindo todos os seus bens com os menos favorecidos, antes de partir.

Sua morte é datada no dia 30 de novembro, data escolhida também para ser celebrado o seu dia na história da igreja.

Padroeiro de quais causas?

Por conta de sua história, Santo André leva a fama de santo protetor dos injustiçados. Ou seja, todo aquele que sofre nas mãos da injustiça e procura a luz para vencer em seus caminhos, deve então apegar-se a palavra de suas orações, e interceder para que Deus oriente os envolvidos, prezando pela verdade e justiça.

Igrejas de Santo André

O Conciliado de Mafra, em Portugal, abriga uma das mais tradicionais igrejas dedicadas ao santo protetor dos injustiçados. Assim como, no Brasil, diferentes paróquias e comunidades o homenageiam. Coloque em seu roteiro uma destas opções!

Oração de Santo André

Você conhece a oração de Santo André? Confira abaixo e vamos rezar juntos as preces direcionadas ao fiel seguidor de Jesus Cristo.

Santo André, Apóstolo de Jesus Cristo, que conheceste a exigência e a alegria de seu primeiro pelo, dá-nos a graça de responder-lhe com a mesma fidelidade, de O servir cada dia no lugar que Ele para nós escolheu. Tu que distribuíste à multidão faminta o pão que o Senhor multiplicava em tuas mãos, obtém para nossa pobreza o mesmo milagre. Faze que esperemos o socorro de Deus com a invencível esperança do amor, preocupados unicamente com o advento de seu Reino. Testemunha da boa-nova que tua voz levou até as extremidades da terra, conserva nos apóstolos de nosso tempo esta fé viva que transporta montanhas e constrói o Reino. Mártir de teu testemunho, concede-nos a graça de união à Cruz de Jesus Cristo; que ela seja a alegria de nossa vida e o penhor de nossa ressurreição na claridade de Deus.
Amém!

COMPARTILHE