Santos

São Bernardo: conheça a história do santo francês

sao bernardo

O São Bernardo é muito conhecido por ser um caçador de almas e se importar muito com o próximo, mas você conhece sua história? Sabe quem ele foi antes de ser canonizado? Então prepare-se para ler e saber o que ele fez enquanto esteve aqui na Terra e se encantar com a história desse Santo.

História de São Bernardo

São Bernardo nasceu no ano de 1090, no Castelo de Fontaine, região de Borgonha, na França. Ele era filho do nobre Tescelin Sorrel, conhecido como Vermelho e de Aleth de Monthbard, uma mulher virtuosa.

Quem é o seu Anjo da Guarda? Descubra gratuitamente

Os anjos da guarda são seres divinos designados a nos guardar e proteger de todos os males que a vida terrena pode nos oferecer.


Acreditamos que eles foram criados para serem um intermédio entre os humanos e o divino.

SABER O MEU »

Ele era o terceiro de sete irmãos e sempre se destacou por ser muito inteligente e por ser muito bonito. Quando completou 9 anos, São Bernardo foi para a escola canônica e seu grande destaque era nas aulas de literatura, tendo lido diversos livros e sempre demostrando uma vasta cultura.

A vocação de São Bernardo

No ano de 1112, quando tinha 22 anos, São Bernardo entrou na Abadia de Cister, também em Borgonha. A Abadia era um mosteiro cisterciense, onde os monges eram conhecidos por “Monges Brancos” devido à cor do hábito, fundado por São Roberto de Molesme.

Foi ali que São Bernardo convenceu mais de trinta homens, dentre seus irmãos, tios e vários amigos, a entrarem para a ordem. Esse ato causou uma enorme surpresa e alegria para a Abadia e para Santo Estevão Harding, abade sucessor do fundador São Roberto.

Dia de Todos os Santos: conheça a história e a data da celebração.

São Bernardo de Claraval

São Bernardo sempre se dedicou muito ao estudo da religião, oração e ao ensino da catequese. O tempo que passou no mosteiro, praticou com alegria e seriedade a regra do mosteiro, escrita por São Bento.

Além disso, São Bernardo tinha o dom de oratória e convertia muitas pessoas com quem passava horas conversando. Um de seus grandes feitos foi levar para o mosteiro seu irmão mais novo e o seu pai.

Em 1115, quando tinha apenas 25 anos, São Bernardo foi enviado para o Vale de Langres e teve como missão fundar a Abadia de Claraval, tornando o seu primeiro Abade.

Pouco tempo depois, sua Abadia ficou conhecida em toda a França e por toda a Europa como um lugar onde se vivia claramente a oração, o trabalho, a humildade, a caridade e a cultura profunda. São Bernardo e os monges viviam todo o dia com amor e integridade.

Uma vez, São Bernardo teve a seguinte visão: um menino envolto numa luz divina disse a ele: “fala aos outros sempre, pois, serás inspirado pelo Espírito Santo e receberás a graça especial de compreender as fraquezas das pessoas e ajudá-las”.

Com isso, Bernardo conseguiu muitas vocações para Claraval e seu Mosteiro chegou a ter 700 monges, incluindo Henrique de França, irmão do Rei Luís Vll, se tornando o Mosteiro mais famoso de toda a França.

São Bernardo e suas obras

Anos mais tarde, São Bernardo fundou 72 casas na França e em diversos países da Europa. Além disso, participou como secretário do Concílio de Latrão, foi grande influência do Concílio de Troyes, e participou do Concílio de Reims a pedido do Papa para falar sobre os assuntos da Igreja.

Ele era conhecido como o “Pai dos fiéis, a Coluna da Igreja, o Apoio da Santa Sé, o Anjo Tutelar do Povo de Deus”, por pregar a segunda cruzada e sempre tentar fazer o bem.

Como era devoto da Virgem Maria, quando estava na catedral de Spira, na Alemanha, São Bernardo, ajoelhou-se 3 vezes dizendo: “Ó Clemente; Ó Piedosa; Ó Doce Virgem Maria! ”, invocações que foram acrescentadas ao final da oração Salve Rainha.

São Bernardo tinha fama de santidade e sabedoria e por isso era muito respeitado em toda a Europa. Naquela época, ele tratava de assuntos públicos, defendia os direitos da Igreja contra abusos de vários Reis e era chamado para aconselhar Papas e Reis.

Conheça os 5 santos brasileiros mais famosos.

Seus Milagres

Conhecido por reformar a Ordem Cisterciense, São Bernardo também fundou muitos mosteiros na Europa, sendo: 35 na França, 14 na Espanha, 10 na Inglaterra e Irlanda, 6 em Flandres, 4 na Itália, 4 na Dinamarca, 2 na Suécia e 1 na Hungria, além de outros que se filiaram à Ordem.

Depois disso, sua Ordem chegou aos cinco continentes e aqui no Brasil, em Minas Gerais, a cidade de Claraval nasceu ao redor de um grande mosteiro da ordem dos Cistercienses.

Além dessas fundações, São Bernardo escreveu diversas obras, tratados de teologia e tratados sobre Nossa Senhora, sempre defendendo a Fé Católica e a Igreja contra as heresias. Já durante o concílio de Troyes, São Bernardo foi reconhecido para a Ordem do Templo, onde ele mesmo escreveu os estatutos.

O falecimento de São Bernardo

Quando estava em seu leito de morte, os monges rezaram para Deus e pediram para que São Bernardo não morresse, ele por sua vez perguntou: “Porque desejais reter aqui um homem tão miserável? Usai da misericórdia para comigo e deixai-me ir para Deus”. Foi então que no dia 20 de agosto de 1153, aos 63 anos de idade, São Bernardo faleceu.

A canonização de São Bernardo

São Bernardo foi canonizado no dia 18 de junho de 1174, pelo Papa Alexandre lll e declarado Doutor da Igreja pelo Papa Pio Vlll, em 1830, por causa de suas pregações e obras escritas. A Festa em comemoração ao santo é festejada em 20 de agosto em todo o mundo.

Os principais Santos Católicos: confira a lista dos 10 santos.

Oração a São Bernardo

Santo Abade de Claraval, São Bernardo, fervoroso servo de Maria, a Igreja o honra e o invoca universalmente como padroeiro das causas mais difíceis visto dirigir a Maria todo o seu fervor. Assim peço que com Maria, venha pedir por mim a Jesus. Eu estou sozinho e desamparado. Faça uso, eu imploro, do seu especial privilégio que Maria deu a voz para trazer um benefício visível e rápido a esse seu servo desesperado. Venha assistir a esse servo que está em grande dificuldade e grande necessidade de consolo e ajuda e atribulado e com sofrimentos.
Assim me consiga a graça (pedido), e ainda a graça da salvação de minha alma.
E que isto possa agradar a Deus. A vós, seu eleito para sempre. Eu prometo amado São Bernardo, sempre honrar-vos com fervor, e como especial padroeiro, encorajar a devoção a vós.
Amém.

Gostou de conhecer mais sobre a história de São Bernardo? Conte aqui pra gente!

COMPARTILHE